Minha lista de blogs

sábado, junho 17, 2017

A VOLTA GLORIOSA DO FOGÃO AO BOTÃOBOL

Marcos Silva de volta às mesas de botãobol para alegria de todos
Minha gente, hoje, dia 17 de junho, vai ficar marcado na história do Botãobol, com o retorno às mesas da Associação Pernambucana de Futebol de Mesa do glorioso BOTAFOGO, de Marcos Silva, para continuar participando do VIII TORNEIO CHIFRONÉSIO DO RECIFE, para a alegria de todos aqueles que convivem com essa figura maravilhosa, Marcos Silva, que tanto engrandece o futebol de botão de Pernambuco e que  hoje apresentou-se completamente recuperado do delicado procedimento cirúrgico ao qual se submeteu. Viva Marcos! Viva o BOTAFOGO!
FOGÃO demorou um pouco para entrar na partida
Na abertura da jornada, debaixo de grande expectativa, o FOGÃO entrou em campo para enfrentar o HÉRCULES, de José Hércules, na Arena 2 e, como não poderia deixar de ser, demonstrou um certo nervosismo e com isso se aproveitou o time espanhol que foi logo abrindo o placar. Depois, o FOGÃO foi se equilibrando e chegou ao empate, mantendo assim sua invencibilidade na competição.
Passada a emoção da volta o FOGÃO foi se encontrando
O resultado em si não foi de todo ruim para o GLORIOSO, pois a classificação para a Fase Decisiva já estava assegurada, antes de entrar em campo. A luta seria para chegar no fim do turno na primeira colocação do Grupo B, para se beneficiar da vantagem do empate nos jogos finais.
E tudo isso ficou reservado para seu confronto com o NÁUTICO, de Abiud Gomes, que ocupava a primeira colocação e também se mantinha invicto no CHIFRONÉSIO.
BALEIA AZUL entra como favorito para enfrentar o PEIXE
Antes, na Arena 4, acontecia o embate, pelo Grupo A, envolvendo o VILA BELMIRO, de Albertinho, já sacramentado em primeiro lugar no seu grupo e o SANTOS, de Adilson Ribeiro, que teria que tentar empatar com gols ou mesmo vencer o confronto para evitar o pior: cair para a REBARBA DO CHIFRONÉSIO, cujo campeão irá receber o indesejado troféu 'CABEÇA DE LAGARTIXA".
A RAPOSA DA JACOBINA ficou de longe só na torcida
Longe dali, o CRUZEIRO, de Marcos Cardoso, a famosa RAPOSA DA JACOBINA, aguardava as notícias desse jogo, pois caso o PEIXE conseguisse o resultado que desejava, seria ela, a RAPOSA DA JACOBINA, quem de fato iria para o inferno da REBARBA.
PEIXE caprichou diante da BALEIA AZUL
Começa a partida e o PEIXE entra concentrado ao extremo, diferentemente da BALEIA AZUL, que não acertava nenhuma jogada. Com isso, próximo do fim do primeiro tempo, o SANTOS abriu o placar, resultado que permaneceu até o término do primeiro tempo.
A BALEIA AZUL parecia ter sumido do jogo
Veio a segunda etapa e o PEIXE partiu logo para matar o jogo e chegou à área adversária, na famosa zona do caixão. Armou o chute mas a bola caprichosamente escorreu pelo goleiro e voltou para o campo de jogo. Na linguagem do botãobol é dito que "a bola ramprou e não entrou". Então, o VILA BELMIRO, com a posse de bola, partiu para o contra ataque e não deu outra: gol do empate. 
A partir daí o SANTOS abdicou da ofensiva e passou a segurar a bola e quando se sentia ameaçado apelava para a irritante zona da galinha, não dando chances para que a BALEIA AZUL recuperasse a posse de bola e reunisse condições de ir à ofensiva.
PEIXE classificado e livre da REBARBA
Mas o PEIXE quase no finalzinho da partida deu uma cochilada e o VILA BELMIRO partiu com tudo para a área inimiga e coloca a bola na temida zona do caixão. Era a chance do desempate e se isso acontecesse o SANTOS estaria afundado na famigerada REBARBA, Suspense total. O árbitro Abiud Gomes se posicionou para observar o arremate e a torcida em silêncio esperando a conclusão do lance. E a BALEIA AZUL que tem um aproveitamento que quase chega aos 100% nessas situações de chute, mandou a bola às nuvens, por cima do travessão, atingindo o umbigo de Adilson, condutor do PEIXE. 
Depois, o SANTOS não deu mais brecha e o placar ficou em 1x1. O PEIXE vibrava e a plateia após esse lance acima descrito ficou imaginando coisas. Teria sido um jogo de comadre?  Sei não! Mas que foi estranho, foi.
FOGÃO dá a saída e parte logo para o gol 
Definido portanto o GRUPO A, veio então a decisão do GRUPO B, com o BOTAFOGO, de Marcos Silva, de novo na Arena 2, indo dessa vez enfrentar o NÁUTICO, de Abiud Gomes com arbitragem de Albertinho. A saída coube ao FOGÃO que, numa sorte incrível, foi logo abrindo o placar, na primeira ação ofensiva.
TIMBU não se abala e parte para o empate
O NÁUTICO não se abalou e o jogo ficou aberto, com os times partindo para o ataque. E num desse ataques o TIMBU chegou ao empate, resultado que ficou até término do primeiro tempo.
FOGÃO foi mais feliz e saiu vitorioso na partida
Veio a segunda etapa e o equilíbrio continuava, porém, os times desperdiçavam as oportunidades, uma atrás da outra, mas o FOGÃO teve mais sorte e chegou ao gol da vitória. O NÁUTICO ainda tentou mas não deu mais para empatar. Perdeu a invencibilidade e viu o GLORIOSO chegar ao topo da classificação. Essa derrota levou o TIMBU para a terceira colocação, atrás do HÉRCULES, de José Hércules, que teve melhor saldo de gols.
Eis como ficou a classificação do VIII CHIFRONÉSIO DO RECIFE, faltando apenas a partida entre BOTAFOGO X CORINTHIANS, a ser realizado no sábado, dia 1 de julho, que apontará a quarta equipe classificada do GRUPO B. ORLANDO PIRATES, de Dinoraldo Gonçalves ou CORINTHIANS, de Adriano Oliveira. Para o CORINGÃO é não perder para o BOTAFOGO. Já o ORLANDO PIRATES é torcer e torcer pela vitória do FOGÃO. Será que vai haver Mala Branca ou Mala Preta?

O Botãobol vai dar uma parada nesse sábado, dia 24 de junho, Dia de São João, com muita quadrilha, muito forró, muito milho e muito pé-de-moleque. Haja fogueira! Haja balão! Viva São João! Viva o botão!

sábado, junho 10, 2017

CHIFRONÉSIO COM MUITA EMOÇÃO


Minha gente, esse desfecho do 1º Turno do VIII TORNEIO CHIFRONÉSIO DO RECIFE, de Botãobol, nesse sábado, dia 10 de junho, foi simplesmente sensacional, com jogos espetaculares, com destaque para a performance do ITACURUBA, de Alexandre de Freitas, que realizou três partidas com muita garra e vendeu caro a sua ida para a REBARBA DO CHIFRONÉSIO, mas sem antes despachar o RACING, de Ricardo dos Anjos e atrapalhar e muito a trajetória do CRUZEIRO, de Marcos Cardoso, que perdeu a grande chance de se classificar antecipadamente e vai passar uma semana se preparando para secar o SANTOS, de Adilson Ribeiro, torcendo para que o PEIXE não tenha sucesso diante do VILA BELMIRO, de Albertinho, a poderosa BALEIA AZUL, líder invicta do Grupo A da competição.
TRINCA FERRO assustou o URUBU
Abrindo a jornada, o ITACURUBA veio a campo e teve pela frente o FLAMENGO, de Fernando Brito, na Arena 1, onde o URUBU tinha como favas contadas o triunfo, mas o TRINCA FERRO DOS AFOGADOS não deu moleza e conseguiu um surpreendente empate em 1x1. O MENGÃO saiu tremendamente frustrado e teria que ir para o tudo ou nada no seu próximo confronto contra o SÃO PAULO, de Max Monteiro.
ITACURUBA joga a ACADEMIA na REBARBA 
Na sequência, o TRINCA FERRO foi até a Arena 4 enfrentar o RACING, de Ricardo dos Anjos, outro que levava grande esperança de classificação, bastando para isso colher o triunfo, mas não contava com o entusiasmo do ITACURUBA, que fez das tripas coração, conseguindo uma sensacional vitória por 1x0, tirando assim qualquer possibilidade da ACADEMIA ir para a Fase Decisiva do CHIFRONÉSIO. O destino dos HERMANOS, portanto,  é a famigerada REBARBA DO CHIFRONÉSIO, em busca do indesejado troféu "Cabeça de Lagartixa".
TRINCA FERRO suporta sufoco da RAPOSA DA JACOBINA
Fechando a maratona de jogos, o ITACURUBA duelou com o CRUZEIRO, de Marcos Cardoso e mais uma vez o TRINCA FERRO DOS AFOGADOS botou gosto ruim na partida, não deixando que a RAPOSA DA JACOBINA saísse triunfante e consequentemente classificada para o 2º Turno do CHIFRONÉSIO. É bem verdade que a RAPOSA DA JACOBINA exerceu um amplo domínio da partida, notadamente na primeira fase, quando bombardeou a meta itacurubense, saindo para o intervalo com a vantagem de 1x0 no placar.
RAPOSA deu refresco e TRINCA FERRO tomou partido
Na 2ª etapa, a RAPOSA arrefeceu um pouco e passou a administrar o resultado, mas no finalzinho deu margem a que o TRINCA FERRO armasse um contra ataque que redundou no gol de empate do ITACURUBA, que caiu como uma ducha de água fria nos ESTRELADOS. A classificação foi para o espaço e agora a RAPOSA DA JACOBINA irá torcer para que o PEIXE, de Adilson Ribeiro, se engasgue com a BALEIA AZUL, de Albertinho.
RAPOSA vai torcer para que a BALEIA AZUL engula o PEIXE
Para a RAPOSA ainda chegar à classificação é necessário que o SANTOS empate em 0x0 ou saia derrotado pelo VILA BELMIRO. Essa partida acontecerá no próximo sábado, no fecho do 1º Turno - Grupo A, da competição.
Já o ITACURUBA, vai compor a REBARBA, porém, sai de cabeça erguida, pois desfez a imagem de saco de pancada. A partir de agora, o TRINCA FERRO vai ser olhado com todo o respeito que merece.
TRICOLOR parecia que iria mandar o URUBU para a REBARBA
Mas as emoções estavam reservadas para o último confronto da jornada, quando estiveram frente a frente as representações do já classificado SÃO PAULO, de Max Monteiro e o desesperado FLAMENGO, de Fernando Brito, pois só a vitória interessava ao MENGÃO. Era língua ou beiço!
Enquanto isso, a RAPOSA DA JACOBINA já encomendara uma mala branca para que o TRICOLOR DO SAMU não desse moleza e não permitisse que o rubronegro chegasse ao triunfo.
Na primeira etapa o TRICOLOR deita e rola
Iniciada a partida, na Arena 5, o SÃO PAULO foi logo abrindo o placar, para alegria cruzeirense, cujo placar não sofreria alteração até o término da primeira etapa. Veio o 2º tempo e o TRICOLOR DO SAMU começou a dar sinais de inquietação com as chances desperdiçadas para ampliar o marcador. O MENGÃO, então, pôs os nervos no lugar e partiu célere para o ataque. Não demorou muito e veio o gol de empate. Agora era lutar contra o relógio e esperar um vacilo dos sampaulinos.
MENGÃO com sorte e paciência vira o jogo e se classifica
E a sorte foi benfazeja para o URUBU. O TRICOLOR tinha o domínio da pelota e sem necessidade aparente arriscou um chute de longa distância. Era tudo que o MENGÃO queria. O chute saiu descalibrado e o URUBU recuperou a posse de bola e partiu velozmente para o campo ofensivo, invadindo a área adversária e arremessando para o gol da vitória. Vibração total. O MENGÃO classificado.
RAPOSA DA JACOBINA na alça de mira do PEIXE
E assim a 4ª vaga do GRUPO A somente será preenchida no próximo sábado. RAPOSA DA JACOBINA ou PEIXE ? Quem fica? Quem vai para a REBARBA?  
Por sua vez o GRUPO B continua em compasso de espera do BOTAFOGO, de Marcos Silva. A data de 1º de julho é a data  limite para que o FOGÃO esteja em plenas condições de realizar seus três jogos que definirão as quatro equipes classificadas para a Fase Decisiva. Só resta torcer para que tudo acabe bem. 
O que virá depois, não se sabe.Aí será outra história...
Eis como ficou a classificação do 1º Turno do CHIFRONÉSIO, quando falta apenas um jogo pelo Grupo A e os três jogos do BOTAFOGO, pelo Grupo B, para se ter início da Fase Decisiva da competição:
Viva o botão!


segunda-feira, junho 05, 2017

CHIFRONÉSIO SEGUE INDEFINIDO

SÃO PAULO surpreende e complica a RAPOSA DA JACOBINA
Minha gente, desde 5ª feira, uma pane no meu computador me tirou do ar desde 5ª feira e somente hoje a situação se normalizou, daí as desculpas pelo atraso na edição da MARRETA, contando tudo que ocorreu na Associação Pernambucana de Futebol de Mesa, nesse sábado, dia 3 de março, com a realização de dois jogos pelo Grupo A do VIII TORNEIO CHIFRONÉSIO DO RECIFE, de botãobol,  destacando-se a vitória do SÃO PAULO, de Max Monteiro, sobre o CRUZEIRO, de Marcos Cardoso, por 2x1, na Arena 5 e que praticamente classificou o TRICOLOR DO SAMU para a Fase Decisiva da competição, deixando, consequentemente, a RAPOSA DA JACOBINA em maus lençóis, na beiradinha da REBARBA DO CHIFRONÉSIO.
URUBU foi engolido pela BALEIA AZUL e vai para o tudo ou nada
E só não foi pior a situação cruzeirense porque o FLAMENGO, de Fernando Brito, perdeu para o poderoso VILA BELMIRO, na Arena 1, por 2x1, resultado que consolidou a BALEIA AZUL como líder inconteste do Grupo A e fazendo com que o MENGÃO ficasse estacionado na tábua de classificação.
Após esses dois confrontos, eis como ficou a classificação do 1º Turno do VIII TORNEIO CHIFRONÉSIO DO RECIFE (Turno de Classificação):
Numa análise simples da classificação, verifica-se que no Grupo A apenas o VILA BELMIRO, de Albertinho, está garantido na Fase Decisiva. As demais três vagas somente serão definidas após a realização dos cinco jogos restantes, pois nenhuma das outras seis equipes participantes estão descartadas.
PEIXE vai ter que derrotar a BALEIA AZUL para fugir da Rebarba
O SANTOS, de Adilson Ribeiro, enfrentará o VILA BELMIRO, de Albertinho e, em caso de triunfo, o PEIXE chegará aos 9,1 pontos e já tira do páreo a RAPOSA DA JACOBINA.
O fiasco contra o TRICOLOR pôs a RAPOSA em maus lençóis
Já o CRUZEIRO, de Marcos Cardoso, terá pela frente o ITACURUBA, de Alexandre de Freitas, e pode chegar aos 9 pontos, caso vença o oponente, mas, mesmo assim, fica na dependência de outros resultados.
SÃO PAULO deu a volta e está quase lá no CHIFRONÉSIO
Por sua vez o SÃO PAULO, de Max Monteiro, tem  tudo para atingir os doze pontos, caso derrote o FLAMENGO, de Fernando Brito. Até um simples empate, classifica o TRICOLOR DO SAMU.
RACING, visto ao lado do CORINGÃO, espera pelo milagre 
Enquanto isso, o RACING, de Ricardo Brito, para se classificar, terá que vencer o ITACURUBA, de Alexandre Freitas e torcer para que SANTOS e CRUZEIRO não vençam suas partidas.
A situação do FLAMENGO, de Fernando Brito, não é nada boa, mas caso consiga vencer seus dois últimos jogos, alcançará a tão almejada classificação. Não pode nem pensar em empate.
Mas quem tem que suar sangue para chegar à fase decisiva é o ITACURUBA, de Alexandre Freitas, que terá que vencer seus três confrontos. Que vai ser difícil, vai, mas no Botãobol não existe o impossível.
Portanto, sábado próximo vai sair faísca e quem bobear, já sabe o que vai acontecer: REBARBA DO CHIFRONÉSIO e a disputa pelo famigerado Troféu "CABEÇA DE LAGARTIXA".
TIMBU no aguardo do FOGÃO para definir o Grupo B
Enquanto se espera o desfecho do Grupo A, no Grupo B se aguarda tão somente o pronto restabelecimento de Marcos Silva, para que possa trazer o BOTAFOGO para o campo de luta e assim definir as posições das equipes desse grupo, na classificação geral. 
Caso o FOGÃO venha realizar seus compromissos, o ORLANDO PIRATES, de Dinoraldo Gonçalves, vai  torcer e muito  para o que GLORIOSO derrote o CORINGÃO e assim poder ficar com a quarta vaga.
Que o FOGÃO se recupere logo e venha para o campo de luta
A APFM deverá aguardar a presença do BOTAFOGO até o dia 1 de julho, data de início da FASE DECISIVA do VIII TORNEIO CHIFRONÉSIO DO RECIFE.
Todos nós da APFM estamos torcendo para que Marcos Silva se recupere o mais breve possível e assim não fique fora dos jogos decisivos da competição, mas para todos nós o que interessa mesmo é que esse extraordinário botonista fique completamente restabelecido. Outros Chifronésios irão acontecer e o BOTAFOGO deverá estar presente firme e forte.
VILA BELMIRO x SANTOS - O grande clássico do sábado
Então as atenções de todos estão voltadas para a jornada do próximo sábado, dia 10 de junho,   quando serão realizadas as seguintes partidas que fecharão o Grupo A e que servirão para apontar as quatro equipes que disputarão a fase decisiva e as outras três que comporão a Rebarba do Chifronésio.
Esses serão os duelos programados que definirão as quatro vagas do Grupo A para o 2º Turno (Fase Decisiva):
FLAMENGO X ITACURUBA
RACING X ITACURUBA
CRUZEIRO X ITACURUBA
SANTOS X VILA BELMIRO
FLAMENGO X SÃO PAULO.
O TRINCA FERRO está sendo aguardado com muita ansiedade
Um último apelo é dirigido ao ITACURUBA, de Alexandre Freitas, para que o mesmo envide o máximo esforço para comparecer à jornada. Queremos o TRINCA FERRO cantando alto. Haja emoção! Viva o botão!



sábado, maio 27, 2017

NÁUTICO E VILA BELMIRO LIDERAM O CHIFRONÉSIO

Enfim o TIMBU alcança o 1º lugar no Grupo B do CHIFRONÉSIO
Minha gente, o VIII TORNEIO CHIFRONÉSIO DO RECIFE, promovido pela Associação Pernambucana de Futebol de Mesa, neste sábado, dia 27 de maio, teve sequência com a realização de cinco movimentadas partidas, algumas até com muita catimba, porém, a jornada terminou dentro de um clima de alta desportividade, destacando-se a vitória do NÁUTICO, de Abiud Gomes, sobre o ORLANDO PIRATES, de Dinoraldo Gonçalves, por 1x0, triunfo este que coloca o TIMBU na liderança absoluta do Grupo B, seguindo invicto na competição e com a classificação já assegurada.
BALEIA AZUL se engasga em jogo tumultuado
Cabe destaque também o VILA BELMIRO, de Albertinho, que, após uma partida um tanto quanto tumultuada, diante do RACING, de Ricardo dos Anjos, empatada em 1x1, deu à BALEIA AZUL a permanência na liderança do Grupo A e deverá se classificar como primeiro colocado na Grupo, o que lhe proporcionará jogar o segundo turno com a vantagem do empate em todas as partidas que disputar, pelo melhor aproveitamento.
ZUMBI COLORADO parece conformado com a REBARBA
Com a ausência do BOTAFOGO, de Marcos Silva, que dificilmente terá tempo de se recuperar para continuar no CHIFRONÉSIO, praticamente já estão definidas as posições das quatro equipes classificadas no Grupo B. Com isso, apenas o INTERNACIONAL, de Clóvis Sandes, irá para a REBARBA DO CHIFRONÉSIO, na disputa pelo troféu "Cabeça de Lagartixa".
TIMBU vence ORLANDO PIRATES e termina invicto o 1º Turno
NÁUTICO, HÉRCULES, ORLANDO PIRATES e CORINTHIANS, todos, pela ordem, farão os confrontos mata-mata do 2º Turno, com as equipes classificadas do Grupo A.
Enquanto o Grupo B já está praticamente definido, esperando apenas a decisão do BOTAFOGO, o GRUPO A segue numa disputa pau a pau pelas três vagas restantes, visto que o VILA BELMIRO já se garantiu na segunda etapa do torneio.
Vitória do PEIXE sobre a RAPOSA ainda não garante a classificação
O SANTOS, de Adilson Ribeiro, está na 2ª colocação, após a vitória de 1x0 em cima do CRUZEIRO, de Marcos Cardoso, no tradicional Clássico dos Securinhas, porém, logo depois, na Arena 2, caiu diante do SÃO PAULO, de Max Monteiro, por 2x0 e essa derrota pode atrapalhar os planos do PEIXE na sua classificação, pois SÃO PAULO e CRUZEIRO, ambos com um jogo a menos que o SANTOS, podem suplantá-lo, bem como o FLAMENGO, de Fernando Brito, este com dois jogos a menos que o PEIXE.
PEIXE é fisgado pelo TRICOLOR DO SAMU e se atrapalha
Também deve se levar em consideração que o adversário do SANTOS, nesse seu último compromisso,é nada mais, nada menos que a temível BALEIA AZUL e que deverá vir para cima do PEIXE com todo o ímpeto visando se consolidar como  primeira colocada no Grupo.
HÉRCULES comeu a bola e livrou-se da REBARBA
Já pelo tranquilo e praticamente definido Grupo B, o HÉRCULES, de José Hércules, livrou-se da retranca armada pelo INTERNACIONAL, de Zé do Caixão e vibrou com a vitória de 1x0, que fez com que ocupasse a segunda colocação, atrás apenas do TIMBU. Os ZUMBIS COLORADOS encerraram seus jogos e não conseguiram sentir o gostinho da vitória e vão aguardar para saber quem irão enfrentar na REBARBA DO CHIFRONÉSIO. Os HERCULANOS literalmente comeram a bola, mas essa é uma história para ser contada mais tarde.
Após os cinco jogos deste sábado, eis como ficou a classificação:
Para o próximo sábado, dia 3 de junho, estão marcados os seguintes confrontos:
GRUPO A
JOGO
FLAMENGO

X

ITACURUBA(*)
CRUZEIRO

X

SÃO PAULO
RACING

X

ITACURUBA
FLAMENGO

X

VILA BELMIRO

GRUPO B

JOGO
NÁUTICO

X

BOTAFOGO(*)
HÉRCULES

X

BOTAFOGO(*)
CORINTHIANS

X

BOTAFOGO(*)
O BOTAFOGO, infelizmente, não deverá ter condições para continuar no Torneio, pois o tempo de recuperação da cirurgia a qual se submeteu o seu condutor MARCOS SILVA vai além da data de encerramento da competição. É uma pena!
TARCÍSIO, de Areias, pela 1ª vez na magia do Botãobol
Registre-se aqui a presença do botonista TARCÍSIO, residente no bairro de Areias, que pela primeira vez teve contato com o botãobol e se mostrou maravilhado com o que viu. 
Entusiasmado, apresentou-se com o time do SANTA CRUZ, diferente dos padrões do botãobol, mas demonstrou ter qualidades e potencial para seguir com sucesso no mundo mágico da rainha das regras.
Seja bem vindo! Viva o botão!

sábado, maio 20, 2017

CHIFRONÉSIO SEGUE EM RITMO ALEGRE

Minha gente, o VIII TORNEIO CHIFRONÉSIO DO RECIFE, patrocinado pela Associação Pernambucana de Futebol de Mesa, viveu, neste sábado, dia 20 de Maio, momentos sensacionais, com a realização de cinco partidas, bem equilibradas e que mantem praticamente todas as equipes ainda com reais chances de classificação para a etapa decisiva da competição.
TRINCA FERRO vacila e a BALEIA AZUL triunfa e lidera
Pelo Grupo A, o VILA BELMIRO, de Albertinho, disparou na liderança, conquistando sua terceira vitória consecutiva, após derrotar depois de muito sofrimento o ITACURUBA, de Alexandre Freitas.
O TRINCA FERRO DOS AFOGADOS surpreendeu logo de saída ao abrir o placar e a BALEIA AZUL se desesperou e haja perder oportunidades, uma atrás da outra.
TRINCA FERRO dava pinta que venceria a partida, mas...
Por sua vez, o ITACURUBA parecia não acreditar no que estava acontecendo e começou a falhar bisonhamente e com isso o VILA chegou ao empate. A partida se encaminhava para o fim mas o TRINCA FERRO em outra falha gritante cometeu um pênalti infantil e  que deu a vitória à BALEIA AZUL, que comemorou bastante.
RACING apenas assistiu ao baile do MENGÃO
Ainda pelo Grupo A, o FLAMENGO, de Fernando Brito, até que enfim fez as pazes com a vitória, triunfando sobre o RACING, pelo placar de 3x0. O URUBU deitou e rolou, enquanto que a ACADEMIA somente assistia o baile do MENGÃO. Essa vitória rubronegra esquentou o Grupo A e a briga pelas quatro vagas vai ser de arrepiar.
SÃO PAULO suporta a carga do TRINCA FERRO e vence
Na outra partida pelo mesmo grupo, o SÃO PAULO, de Max Monteiro, ganhou apertado para o ITACURUBA, por 1x0, resultado que coloca o TRICOLOR DO SAMU ainda na briga pela classificação.
TIMBU para na retranca do ZUMBI COLORADO
No Grupo B, o NÁUTICO, de Abiud Gomes, perdeu a grande chance de classificação antecipada, ao empatar sem gols com o INTERNACIONAL, de Clóvis Sandes. O ZUMBI COLORADO armou uma retranca, dando um trabalho danado ao TIMBU. Apesar dos obstáculos, o NÁUTICO foi de uma infelicidade tremenda nos chutes a gol, desperdiçando todos os arremates à meta adversária.
TIMBU perde a chance da classificação antecipada
Um fato chamou a atenção dos que assistiam à partida. O árbitro do jogo, a cada chance perdida pelo TIMBU, gritava e dava pulos de alegria, pois sabia que um triunfo do NÁUTICO daria a classificação ao Alvirrubro da Torre. Era uma verdadeira secação.
CORINGÃO não resiste à abordagem dos PIRATAS DE MARANGUAPE
No outro confronto, o ORLANDO PIRATES, de Dinoraldo Gonçalves, após dois empates em 0x0, conseguiu finalmente triunfar, marcando 3x0 em cima do CORINTHIANS, de Adriano Oliveira, colocando-se na briga pela classificação. A nau corinthiana não aguentou a abordagem dos PIRATAS DE MARANGUAPE e acabou sucumbindo. Lá no alto, na cesta da gávea, só se ouvia o grito: REBARBA À VISTA!
Eis como ficou a classificação após os jogos da jornada:
Para o próximo sábado, pelo Grupo B, será realizada a última rodada do 1º Turno, quando então se conhecerão as quatro equipes que irão para a decisão do CHIFRONÉSIO, enquanto que pelo Grupo A, ainda restarão duas rodadas para a definição da classificação.
A programação dos jogos oferece os seguintes espetáculos:
SÁBADO, DIA 27 DE MAIO DE 2017

GRUPO A

JOGO
CRUZEIRO(*)

X

SANTOS
RACING

X

VILA BELMIRO
FLAMENGO

X

ITACURUBA
SANTOS

X

SÃO PAULO

GRUPO B


JOGO
NÁUTICO

X

BOTAFOGO(*)
HÉRCULES

X

BOTAFOGO(*)
HÉRCULES

X

INTERNACIONAL
ORLANDO PIRATES

X

NÁUTICO
CORINTHIANS

X

BOTAFOGO

Haja emoção! Viva o botão!